domingo, 17 de março de 2013

PES 2014 e uma entrevista com “Aníbal Vera”


Segundo o site PESBR pra obter esta entrevista foi necessário muita paciência pois o site declara que coisas simples como tirar uma foto da fachada do prédio é preciso vencer uma gigantesca barreira de burocracia e conseguiu autorização para isto e que mediante a situação não dá pra julgar o entrevistado “Aníbal Vera” (Country Manager da KONAMI no Brasil)
Anibal Vera Country Manager da KONAMI no Brasil

Ainda segundo o site PESBR quem leu a entrevista da revista EDGE percebeu uma irritação dos editores com os excesso de protocolos da empresa KONAMI.

As perguntas foram feitas pelo responsável do site e  pelo que é possível perceber não foram feitas frente a frente com os entrevistados percebe-se que as perguntas foram enviadas de alguma maneira e posteriormente devolvidas com suas respectivas respostas, outra coisa importante de se notar nesta entrevista é que as resposta não foram somente de Anibal segundo o site Anibal respondeu somente perguntas de sua competência dentro da empresa as outras foram respondidas por e, o site contou ainda com a ajuda de Carolina e Mônica da BM.
Daqui para frente o que se vê é a entrevista na integra tal como esta disposta no site, acompanhe o texto de perguntas e respostas.
1. PESBR obteve a confirmação da inclusão da Primera División de Argentina para PES 2014 e que o anúncio depende de um aval da AFA (Associacion de Fútbol Argentina). O negócio está concretizado, em andamento ou não há nada sobre esse assunto em específico?
A ainda não confirmou o conteúdo das licenças do PES 2014. Não há informação oficial sobre o assunto no momento. Em seu devido tempo, informaremos a todos os nossos fãs tudo sobre as licenças do PES 2014 e as novidades que estamos trazendo para o jogo.
2.  A mesma fonte informa que a Primeira División de Argentina substituirá a Liga Portuguesa enquanto Porto, Benfica e Sporting serão remanejados para a seção “Resto do Mundo/Outros Clubes”.
Novamente, ainda não temos nenhuma informação oficial sobre as licenças do PES 2014. Esperamos trazer boas novidades em breve.
3.  Ligas da Turquia e Rússia não tem exclusividade com a EA Sports. Possuem times populares e de apelo ao público: isso pode significar uma futura inclusão de ambas ao jogo? E quanto a UEFA Champions League e Europa League? Continuam exclusivas, passam a dividir o produto com a EA ou não será renovada?
As informações sobre licenças do PES 2014 serão divulgadas em seu devido tempo. Pedimos aos nossos fãs que aguardem mais um pouco por novidades nesse sentido.
4. Na última Brasil Game Show você afirmou que novas arenas brasileiras seriam inclusas em PES 2014 e que a prioridade eram as que estarão presentes na Copa do Mundo de 2014. A Konami irá introduzir mais estádios brasileiros em PES 2014? Quais?
A KONAMI busca cada vez mais deixar o jogo com a cara do brasileiro. Estamos em busca de mais licenças e esperamos ter mais novidades ao longo do ano.
6. Alguns clubes nos revelaram valores pagos pelas licenças por PES 2013, que acabaram revelando quanto outros clubes receberam. Comparado ao que é pago aos clubes europeus e a baixa demanda pela utilização de clubes brasileiros na Master League Online, a Konami pesou o fraco impacto/demanda dos clubes brasileiros junto aos fãs estrangeiros na hora de pagar pelas licenças? Poucos “gringos” escolhem times brasileiros com exceção de Santos por Neymar e Atlético Mineiro por Ronaldinho Gaúcho.
O processo de negociação de licenças envolve informações comerciais de cunho confidencial. Não podemos discutir o conteúdo dos contratos assinados com clubes nacionais ou estrangeiros, infelizmente.
7. A Arena Corinthians (Itaquerão) estará presente já no lançamento de PES 2014 ou via futura DLC junto com os outros estádios da Copa? 
O processo de licenciamento ainda está muito no começo e não podemos confirmar ainda quais serão os estádios licenciados do jogo, reforçamos que estamos nos esforçando ao máximo para tentar agradar a todos os fãs do Brasil.
8. A Konami sinaliza uma mudança significativa, uma migração da produção (idéias e conceitos) de Pro Evolution Soccer para a Europa, numa tentativa de recuperar o mercado europeu onde a Espanha, último bastião de resistência de PES caiu ante FIFA. Pouco se vê ou ouve sobre iniciativas da Konami para ter o desejo: agradecimentos/reclamações dos fãs brasileiros para a série. É um descaso óbvio. Na edição em que PES vem tendo a pior vendagem de sua história recente, não era hora da Konami agradecer ou ao menos acenar ao público brasileiro com mais dedicação e até mesmo respeito?
O mercado brasileiro é de suma importância para a, e é por isso que o PES é o jogo mais brasileiro da história dos videogames. A cada versão do jogo colocamos mais atrativos para nossos fãs brasileiros. Há três anos contamos com o jogo totalmente localizado, com narração e comentários de pessoas influentes no futebol, como Silvio Luiz e Mauro Beting. Pelo segundo ano consecutivo, conseguimos colocar o Neymar na capa ao lado do Cristiano Ronaldo, feito que quase nenhum mercado possui. E a versão 2013 foi feita pensando totalmente no público brasileiro, pois têm os 20 times licenciados da série A, sempre pedido pelos nossos fãs; dois estádios oficiais, mais uma vez o Neymar dividindo a capa com Cristiano Ronaldo e narração e comentários de Silvio Luiz e Mauro Beting. Sempre procuramos ouvir o que os consumidores têm a dizer e temos certeza de que o PES 2014 vai agradar aos nossos fãs.
9. Quem são os responsáveis no Brasil por municiar a Konami com informações sobre estatísticas e desempenho de jogadores e clubes brasileiros?
Esse processo é feito por toda a produção do jogo no Japão. Lá, eles fazem os jogadores para se igualarem aos jogadores nas ligas europeias, particularmente quem recebeu o Ballon d’or, Prêmio de melhor jogador da UEFA, e o prêmio anual da FIFA para melhor jogador. Quanto ao Brasil, nós escolhemos jogadores da premiação anual de Melhores Jogadores da liga brasileira. Nós examinamos esses jogadores de perto, e colocamos junto a essas características seu impressionante estilo de jogo.
10. Não é contraproducente, sendo o Brasil o maior mercado ativo de Pro Evolution Soccer não ter voz dentro da equipe produtora de PES? Jon Murphy é contrário a mudança de rota proposta pela empresa de mirar a América Latina e outros mercados periféricos; prefere batalhar pela liderança na Europa e trabalha duro para isso. Qual a sua opinião sobre essa questão?
O Brasil possui sim voz ativa na produção do PES, tanto é que conseguimos 20 times do campeonato brasileiro da série A e dois estádios licenciados. Muitos jogadores reproduzidos fielmente, além da localização do jogo ser completa para nosso mercado local. Nossa equipe sempre tenta ouvir o máximo de consumidores possível. Uma das próximas ações dos produtores será lançar questionários para isso. Nós consideramos a voz dos nossos consumidores extremamente importante e valiosa para a melhora do produto, e tentamos ao máximo atender todos os pedidos.
11. Linha Defensiva adiantada demais, goleiros limitados a seis únicas variáveis/movimentos de defesa, demora na atualização de conteúdo como janela de transferências e a pior delas: no lançamento da MLO, era possível comprar todos os melhores jogadores mesmo sem ter dinheiro o suficiente, bastava escolher 50 jogos de contrato sendo que o contrato jamais expirou… Até hoje a Konami não corrigiu estes bugs e os trapaceiros continuam tirando vantagem disso. Por que a Konami não corrige esse tipo de bug e ignora nos canais oficiais essas reclamações?
A cada edição a KONAMI tenta corrigir defeitos e bugs para oferecer um melhor produto sempre. Esse ano, a baniu 325 jogadores trapaceiros que tentam conseguir vantagem nas partidas online de Pro Evolution Soccer 2013. Esses jogadores que manipulam o sistema on-line derrubando a conexão ou outro tipo de trapaça para seu próprio ganho pessoal foram banidos do modo online. Além disso, criamos em parceria com sites de fãs uma nova política de operação para “PES 2013″ que nos ajuda a banir os trapaceiros por meio de denuncias dos jogadores. Vale lembrar também que PES 2014 está sendo totalmente refeito com uma nova engine que trará muitas novidades e atualizações para o jogo.
12. Quais novidades o fã brasileiro de Pro Evolution Soccer pode esperar para a próxima edição do jogo? Haverá alguém responsável e mais ativo fazendo a ponte entre brasileiros (latinos em geral) e a Konami ou continuaremos sendo periféricos?
Como estamos na fase inicial do jogo, ainda não podemos anunciar muitas novidades da próxima edição. Queremos que ela continue cada vez melhor e mais “brasileira”. Não consideramos nenhum mercado periférico e, inclusive, somos uma das empresas de games pioneiras a ter representantes aqui no Brasil, com isso conseguimos sempre conquistar muito mais êxitos. É por isso que PES 2013 é o jogo mais brasileiro de todos os tempos e foi o campeão de vendas indiscutível em 2012, de acordo com pesquisas de mercado. PES 2014, que será criado com uma nova engine, trará diversas novidades para os jogadores, como gráficos foto realistas, sistema de física de alto nível e muitas outras novidades.


Nenhum comentário:

Postar um comentário